A tarde da última quarta feira (25), dia do aniversário da cidade de são Paulo, que completou 463 anos, ficou marcada também pela conquista do décimo título da Copa São Paulo de Futebol Junior pelo Corinthians.

O Timãozinho que chegou à quarta final seguida do torneio, venceu o Batatais por 2×1, conquistando assim a Copinha de forma invicta.

Título, visibilidade, recordes, artilharia… Tudo isso a equipe do Parque São Jorge alcançou.

Porém, uma velha questão vem à tona, após o campeonato:

Quem passará de promessa, para realidade, no time principal do Timão?

Candidatos não faltam.

Mantuan, capitão do time, camisa oito, volante versátil. Defende com maestria e ataca com igual eficiência, um meio campista moderno, que além de versatilidade, possui  qualidades técnicas mais que suficientes para brigar por uma vaga no meio de campo do time principal.

mantuan
(Foto: IG Esportes: Mantuan, levantando a taça da Copa São Paulo 2017)

Outro candidato é o jovem Pedrinho, eleito ao lado do goleiro Gerson do Batatais, o melhor jogador do torneio. Camisa sete, canhoto, de passes precisos, dribles desconcertantes. O garoto franzino possui uma visão de jogo invejável. Consegue colocar os companheiros na cara do gol. Acha espaço onde ninguém mais encontra. É o tipo de jogador que desiquilibra e decide uma partida. Não à toa serviu seus companheiros em seis oportunidades, dando passes para gols.

pedrinho_corinthians-agencia-estado
(Foto: Site Globo Esporte: Pedrinho, eleito o melhor jogador do torneio)

E por falar em gols, ninguém marcou mais que o camisa nove do Timãozinho, o garoto Carlinhos. Foram onze gols em apenas oito partidas. De perna direita, de esquerda, de cabeça, de dentro da área e de fora da área. De tudo quanto é jeito ele marcou. Carlinhos é um nove diferenciado, que se movimenta muito, e que apesar de sua estatura, 1,95m, possui velocidade surpreendente, e técnica apurada. Um belo nome para suprir a carência de um matador no time de cima.

carlinhos-uol-esportes
(Foto: UOL Esportes:Carlinhos, artilheiro da Copa São Paulo com 11 gols)

Resta agora saber se estes ou outros garotos, mesmo que promovidos, terão oportunidade de demonstrar seu futebol pela equipe profissional .

Embora o Corinthians não tenha tradição em aproveitar seus filhos do Terrão no time principal. Neste ano ao menos, uma esperança a mais os garotos têm. A promoção à auxiliar técnico do treinador dos garotos na conquista da Copa São Paulo, Osmar Loss.

Com ele auxiliando Fábio Carille, os garotos podem ganhar mais espaço e mais oportunidades. Mostrando que santo de casa pode sim fazer milagre. Demonstrando à diretoria que a solução para os problemas do time dentro de campo, pode estar dentro do próprio quintal.

Resta agora esperar!

Imagem em destaque: Worldwide.chat